terça-feira

caderno cinzento IV




(...) e sempre deu demais. Luis nunca soube o principio q o separava do fim. para ele tudo era como ele pensava. sentia-se feliz e fazia os outros felizes. sorria. (...) era assim e pronto! mantinha-se na ténue linha dum fino bastão de pau, q o separava da lágrima e do chão q ele conhecia. de trapezismo aqui para trapezismo acolá, Luis continuava, decidido a continuar. sabia que qdo caísse desfazer-se-ia em mil peças indecifráveis que (...) sem medo Luis começava e continuava, uma e outra vez até q a ilusão deixasse de o acreditar.

3 jogadas:

Minas disse...

Meu amigo, Luís há muitos!

Rostro disse...

hão-de vir como vão

bumblebee disse...

grita. berra. enquanto é tempo. enquanto tens forças para mudar...

sinal sonoro


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

jogadores

passado, presente e talvez futuro

mirones do jogo