segunda-feira













Hoje traduzo-me em trechos de melancolia, em nostalgia chuvosa das árvores de outono frio. As quimeras sonhadas nas noites de solidão mantêm-se como pesadelos, no triste fumo de cigarros abandonados, no fundo dos copos vazios, perdidas nas lembranças daquilo que nunca foi, realidades pretensamente vividas, histórias inacabadas de amor e morte e ressurreição. A teimosia do impossível abraça-me e agarra-me para não mais me deixar fugir. A falta do que não é possível é a canção distante dum pensamento repetido e gasto, quebrado nas ondas do teu sorriso. Porque hoje sou uma pequena flor plantada nos mares de mim, florescendo no teu rosto, onde me escondo.

3 jogadas:

hothotheart disse...

"...historias inacabadas de amor e morte e ressurreição"
é tao forte o que dizes aqui, ressume cada etapa da vida, e ao mesmo tempo o impacto que cada um tem na nossa vida.
e podia ficar aqui a comentar cada expressao...

Rostro disse...

tempo é coisa que abunda

miss gija disse...

basta um sorriso p comentar este post ^_^

sinal sonoro


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

jogadores

passado, presente e talvez futuro

mirones do jogo